Simpósios Temáticos

Máximo 25 inscritos por ST

TÍTULO (máximo de 25 inscritos)

EMENTA

ST1 Acervos Pessoais no tempo presente

Coordenação

Profa. Maria Teresa Santos Cunha (UDESC) 
Profa. Letícia Borges Nedel (UFSC)

Sala: _____

 

Pretende reunir discussões  sobre os arquivos pessoais, suas práticas de constituição, conservação e uso tanto em nível institucional como em nível pessoal incidindo de modo expresso no ato de arquivar a experiência vivida como uma forma de operação (auto)biográfica.  Intenta-se compreender como tais arquivos tributários de processos individuais de acumulação são inscritos no espaço público e por meio de sua eventual monumentalização podem levar a reflexões sobre práticas e registros  que ocorrem em espaços diversificados e temporalidades distintas.   Organizados, em sua maioria, na clave de uma lógica memorial e emocional, na maior parte das vezes a partir de experiências e esforços pessoais, eles se impõem como espaços de pesquisa no tempo presente. Sua importância  se configura como um modo privilegiado de acesso a vestígios de sensibilidades, de encenação de atos rituais, de reconhecimento de diferentes práticas de sociabilidades geracionais. Preservá-los de forma adequada é uma iniciativa que demanda esforços  e, assim questões relevantes deverão ser discutidas, tais como: Por que estes objetos foram guardados? Quais as condições e motivações para sua doação a consulta pública? Como se caracteriza essa instituição custodiadora? Como esses objetos foram dispostos e organizados no tempo presente?

ST2 Ensino de História no tempo presente

Coordenação

Profa. Luciana Rossato (UDESC)

Sala: _____

Este simpósio temático tem como proposta reunir trabalhos que apresentem pesquisas sobre o ensino de história no tempo presente em espaços escolares e não escolares.

 

ST3 Escolarização média no tempo presente 

Coordenação

Prof. Norberto Dallabrida (UDESC)

Rosa Fátima de Souza (UNESP)

Eurize Caldas Pessanha (UFGD)

Sala: _____

Este simpósio temático acolhe trabalhos sobre as modalidades de escolarização média que emergiram, no espaço euro-americano, a partir de meados do século XX. Trata-se de experiências educativas no antigo ensino secundário, em cursos técnicos, na antiga escola normal, no segundo grau e no atual ensino médio que, de algum modo, romperam com o tradicionalismo pedagógico, passando a pertencer ao tempo presente. O foco é colocado, portanto, sobre ensaios escolares que realizaram renovações pedagógicas na escolarização média. 

ST4 Gênero, família e infância no tempo presente

Coordenação

Profa. Marlene de Fáveri (UDESC)

Sala: _____

O presente Simpósio Temático acolherá trabalhos cujas pesquisas enfoquem as relações de gênero, as práticas sociais e estratégias acerca de relações familiares, infância e juventude, nas relações de poder, sociabilidades e culturas políticas.   As abordagens apontam para reflexões que tangenciam classe, raça, etnia, sexualidades, geração entendidas como construções históricas, contemplando análises interseccionais. Entende que representações, discursos e práticas sociais fazem parte das experiências de nossos contemporâneos, portanto, inseridas no Tempo Presente.

ST5 Gênero, sexualidade  e mobilidades no tempo presente  

Coordenação

Profa. Glaucia de Oliveira Assis (UDESC)

Sala: _____

As mobilidades no tempo presente, tanto no âmbito das migrações internas quanto nas migrações internacionais caracterizam-se por  intensos por fluxos de pessoas, mercadorias, bens, imagens  que sugerem movimento tanto pela dispersão dos povos e culturas através de espaços geográficos quanto pelo desejo de realocações em espaços imaginados e pelo encontro com identidades plurais. Nesse cenário os/as migrantes desenvolvem e mantêm múltiplas relações - familiares, econômicas, sociais, organizacionais, religiosas e políticas  ampliando as fronteiras e colocando em inter-relação o global e o local. A proposta deste simpósio temático  é analisar os fluxos contemporâneos  numa perspectiva interdisciplinar que considere como os marcadores de gênero, sexualidade, raça/etnia e outros marcadores sociais, atravessam os processos migratórios impactando nas relações familiares,  de gênero, e na vida cotidiana daqueles que cruzam fronteiras. 

ST6 História política e tempo presente: Brasil e América Latina

Coordenação

Prof. Reinaldo Lindolfo Lohn (UDESC)

Sala: _____

Os trabalhos reunidos neste simpósio temático prioritariamente versarão sobre a renovação da história política com foco tanto no Brasil como na América Latina em geral, bem como, de modo mais específico, para o estudo das relações políticas como parte de uma abordagem que se volte para a História do tempo presente. Trabalhos sobre mídia e política, regimes autoritários e democracia, novos movimentos da sociedade, políticas institucionais, mecanismos de poder político e controles sociais, entre outros.

ST7 Memórias da Diáspora Africana nas Américas

Coordenação

Prof. Paulino de Jesus Francisco Cardoso (UDESC)

Sala: _____

Neste simpósio pretendemos reunir estudos que busquem articular as diferentes dimensões das experiências da diáspora africana nas Américas. Gostaríamos de focar em pesquisas acerca das formas de organização, práticas mágico-religiosas, espaços de sociabilidades, lutas feministas e organização do trabalho. Serão bem-vindos, igualmente, os trabalhos que articulem memórias dos afrodescendentes, e renovação do ensino de História nos espaços educacionais.

ST8 Moda, Trajes e História

Coordenação

Profa. Mara Rubia Sant' Anna (UDESC)

Sala: _____

O simpósio pretende reunir estudos de moda e de aparência corporal, que levem em conta a dinâmica historiográfica do tempo presente, bem como a materialidade da roupa. Assim, interessam abordagens que tratem os atos do vestir como parte ativa das relações sociais, étnicas e de gênero, tanto no âmbito do sistema de moda como no seu uso cotidiano. São de interesse discussões em torno das fontes documentais, bem como análises que enfatizem a interação da roupa com o corpo e objetos relacionados.

ST9 Tempo presente, políticas de memória e patrimônio cultural nas Américas

 

Coordenação

Profa. Janice Gonçalves (UDESC)

Sala: _____

Atravessado por projetos de nação, disputas entre grupos sociais, apropriações midiáticas e a espetacularização consumista, o patrimônio cultural tensiona e repõe processos de identificação, representações sobre o passado, a produção social de memórias e a escrita da história, sendo uma das dimensões-chave do tempo presente.  Nesse sentido, como pensar experiências que, nos diversos países do continente americano, construíram patrimônios e empreenderam políticas de memória? O simpósio temático convida a  exercitar perspectivas comparativas, de modo a  inventariar diferenças, perceber semelhanças e abrir possibilidades de compartilhamento de trilhas investigativas.  

ST10 Redes de produção e circulação de música popular nas Américas no século XX

Coordenação

Profa. Márcia Ramos de Oliveira (UDESC)

Profa. Tania Costa Garcia (UNESP)

Sala: _____

As redes de produção e circulação da música popular, atravessadas pela lógica capitalista do mercado e/ou por políticas culturais hegemônica ou contra hegemônicas, seguem uma dinâmica próxima, aglutinado pessoas e ideias em torno de projetos artísticos. A maneira como essas redes são estruturadas e operadas nos auxiliam a compreender seus resultados, materializados, muitas vezes, em eventos e artefatos culturais. O conceito de rede que estrutura esta proposta não se limita, no entanto, somente  ao caráter geográfico,  considerando a pluralidade de identidades que formam cada nação. Assim,  intenção desse simpósio é reunir pesquisadores que se dedicam ao mapeamento e à análise das redes de produção e circulação da música popular nas Américas no século XX , bem como  suas conexões transatlânticas.

Welcome to ladbrokes bonus codes information.